Browsing Tag:juros

Juros do rotativo do cartão devem continuar a cair, diz BC

As taxas de juros do rotativo do cartão de crédito que tiveram queda “expressiva” em abril, devem continuar a cair nos próximos meses, com as novas regras de uso do empréstimo. A avaliação é do chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Tulio Maciel. Março foi o último mês em que os consumidores puderam usar o rotativo sem tempo definido. Desde o dia 3 de abril, os consumidores que não conseguem pagar integralmente a fatura do cartão de crédito,…

Pesquisa diz que vendas parceladas caem 5,5% para o Dia das Mães

Fonte: Divulgação

O volume de vendas parceladas na semana que antecedeu o Dia das Mães caiu 5,5% na comparação com o período equivalente do ano passado. É o quarto ano seguido que, em todo o país, o indicador do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra queda nas consultas para liberação de vendas a prazo. Foi analisado o período de 7 a 13 de maio. O recuo deste ano, no entanto, é menor do…

Mesmo preocupado com dívidas, consumidor está mais otimista com economia

Fonte: Marcelo Camargo

Embora esteja mais preocupado em pagar as dívidas e pouco confiante em melhora da situação financeira particular em breve, o consumidor está, pouco a pouco, recuperando o otimismo com a economia brasileira. É o que aponta o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec), divulgado hoje (24), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). No geral, o Inec melhorou 0,6% em fevereiro em comparação a janeiro deste ano, passando de 103,8 pontos para 104,4 pontos. É uma marca ainda inferior à…

Juros do crédito rotativo chegam a 484,6% ao ano e batem recorde

service-1-01

Os juros médios do cartão de crédito rotativo alcançaram 484,6% ao ano em dezembro de 2016. O valor é recorde na série histórica do Banco Central (BC), iniciada em março de 2011. O crédito rotativo geralmente é usado quando o cliente não tem condições de pagar o valor total da fatura do cartão de crédito. Ele, então, quita apenas uma parte e o valor restante é cobrado nas faturas seguintes com juros mais caros que os habituais. As informações sobre…